Doenças causadas pelo Carrapato

Doenças causadas pelo Carrapato

Existem mais de 60 tipos de carrapatos e eles podem causar diversas doenças, sendo que as mais conhecidas são a doença de Lyme, mais comum nos Estados Unidos e Europa, e a Febre Maculosa Brasileira, também conhecida como doença do carrapato.

As duas doenças são graves e necessitam de tratamento com antibióticos porque são graves e as bactérias podem chegar a corrente sanguínea e se espalhar por todo o corpo e causar falência dos órgãos e sistemas. Por isso, é importante diagnosticar a doença o quanto antes para iniciar o uso de antibióticos indicados pelo médico para prevenir as graves complicações que estas doenças podem trazer como parada respiratória, por exemplo.

Carrapato estrela - causador da Febre maculosa

Febre maculosa

A doença do carrapato, cientificamente chamada febre maculosa, é uma infecção causada pela bactéria Rickettsia rickettsii presente no carrapato estrela, que pode afetar o ser humano, mas neste caso é necessário que o carrapato esteja aderido à pele por mais de 4 horas. Esta doença é grave e pode levar a morte em poucos dias se não for devidamente tratada.

Doença de Lyme

A doença de Lyme afeta a América do Norte, especialmente os Estados Unidos da América e também a Europa, é transmitida pelo carrapato Ixodes, sendo a bactéria causadora da doença a bactéria Borrelia burgdorferi, que causa reação local com inchaço e vermelhidão. No entanto, a bactéria pode chegar aos órgãos causando graves complicações que podem levar à morte se o carrapato não for retirado do local e se o uso de antibióticos não for iniciado logo no início do surgimento dos sintomas.

Principais diferenças entre estas doenças

As principais diferenças entre a Doença de Lyme e a Febre Maculosa são:

Febre maculosa Doença de Lyme
Causador carrapato estrela carrapato Ixodes dammini
Bactéria envolvida Rickettsia rickettsii Borrelia burgdorferi
Locais mais afetados Brasil, EUA, México, Canadá, Panamá, Costa Rica EUA, Suécia, Áustria, Alemanha, Espanha, Portugal, Suíça, Croácia

Como tirar o carrapato da pele corretamente

A melhor forma de evitar estas doenças é não ter contato com o carrapato, mas caso o carrapato fique colado na pele para diminuir o risco de ser contaminado deve-se ter muito cuidado na hora de tirar.

A forma correta de tirar o carrapato da pele é usar uma pinça para segurar o animal e depois lavar a pele com água e sabonete. Não é recomendado usar as mãos, torcer, nem esmagar o carrapato, também não deve ser usados produtos como álcool ou fogo.

Sinais de alerta

Após tirar o carrapato da pele os sintomas podem surgir até 14 dias depois, por isso deve-se ir ao pronto-socorro, se surgirem sintomas como febre, enjôo, vômito, dor de cabeça, manchas vermelhas na pele.

Share this post