Regar Plantas: Aprenda como, quando e quantas vezes são necessárias

Regar Plantas: Aprenda como, quando e quantas vezes são necessárias

Regar Plantas: Aprenda como, quando e quantas vezes são necessárias

Quem gosta de regar plantas? Muitas vezes os cuidados que devemos ter com as plantas, além do carinho, é claro, é a frequência dos cuidados, dessa forma, a atividade começa a ser simplificada e o resultado aparece bem rápido.

Dessa forma, se você quiser ter plantas e flores lindas e saudáveis no seu jardim ou vasos espalhados por toda a casa é necessário ter cuidados, você pode seguir alguns passos:

Melhor horário para aguar as plantas:

O início da manhã e o final da tarde são os melhores horários. Evite a nas horas mais quentes do dia, pois a água acaba evaporando sem chegar em quantidade suficiente às raízes das plantas e flores.

No inverno, uma outra dica é não regar no período noturno, pois, neste período, as folhas demoram a secar e existe um grande probabilidade de gerar fungos e doenças.

Quantas vezes aguar?

É sempre importante avaliar as condições do dia, tendo em vista que o excesso ou a falta de água podem prejudicar a saúde das plantas.

Leve em consideração que algumas plantas demandam menos água, para saber isso, verifique quais as características das plantas: geralmente as que tem folhas mais suculentas não requerem água todos os dias (um exemplo disso seria o Kalanchoe). As plantas de folhas largas e finas, regue sempre!

  • Nos dias mais frios a água evapora menos então a planta precisa de menos água.
  • Nos dias mais quentes a água evapora mais rápido, então é necessário aumentar a frequência.

Para identificar se é necessário mais ou menos água, mexa a terra com o dedo ou com um palito e verifique se ela está seca ou úmida. Se estiver encharcada ou muito molhada, deixe para regar em outro momento. Ao toque, o solo deve estar sempre úmido!

Qual a quantidade de água?

Cada planta exige quantidades específicas, mas uma regra que não costuma falhar é evitar encharcar a terra (sempre existem exceções). O excesso de água “afoga” as raízes, que carecem de ar e aumenta o surgimento de doenças e de fungos.

Procure aguar bem devagar e faça pequenas pausas à medida que perceber que a água está demorando a penetrar na terra ou quando ela estiver escorrendo no fundo do vaso.

Molhar as folhas:

É claro que dependendo do tipo de flor ou planta é possível molhar as folhas, mas é importante entender que em espécies que apresentam folhas sensíveis, como as violetas, essa prática pode ser prejudicial.

Resumindo: Não é necessário molhar as folhas, mas às vezes é inevitável. Dessa forma, quando for possível, regar plantas sempre na base ou nos pratinhos (sempre com areia), quando a folha conserva-se seca a probabilidade de contrair alguma doença ou fungo diminui.

FONTE: https://www.fazverde.com.br/regar-plantas/

Share this post