Dicas e Informações (Page 41)

Portaria

Área comum

Espaço comum dos condomínios, o salão de festa tem sido cada vez mais procurado para todo tipo de evento, por isso um bom projeto se faz necessário para atender a todos os perfis

Há quase 10 anos, os moradores do condomínio Saint Denis, no centro de Florianópolis, tinham uma área de recreação infantil que estava inutilizada. Eles sentiam falta de um espaço coberto para receber a família e os amigos em reuniões e comemorações, foi então que decidiram convocar uma assembleia para concretizarem um grande desejo: ter um salão de festas. Para dar vida a um local aconchegante, requintado e que pudesse atender a todos os perfis, a decisão foi contratar um arquiteto para fazer um projeto específico.

“Fizemos um grande salão de festas, bem chique, como dizem”, diverte-se o síndico Lauro Andrade, ao descrever o espaço que até hoje atende à maioria dos moradores com conforto.

“O salão é muito utilizado para aniversários e todos os tipos de festas e reuniões”, conta o síndico sobre o local, que conta com cozinha gourmet e mobiliário feito de madeira trabalhada. “O salão atende a todos os perfis de moradores”, diz Lauro.

Sem erros no projeto

A opção por contratar um profissional especializado no projeto desses espaços tem crescido, já que fica cada vez mais no passado aquela imagem dos salões impessoais, com mesas e cadeiras de plástico. Hoje esses ambientes são procurados para todo tipo de celebração, por isso é necessária uma proposta que atenda a todas as demandas. “Temos que entender, antes de qualquer coisa, que o salão de festas é um espaço comunitário, destinado à descontração e confraternização de grupos que muitas vezes não são nada homogêneos”, destaca o arquiteto Eduard Nardi.

O primeiro passo para projetar um salão de festas atraente é seguir três conceitos básicos: o estético – afinal de contas, o espaço tem de ser bonito -, o programático – que leva em conta as atividades ali realizadas – e o técnico, lista o arquiteto.

“Conforto e praticidade” dos usuários são destacados por Eduard no momento em que se cria o programa, que inclui o estudo de proporções do ambiente, equipamentos necessários e adequação de materiais e superfícies. Isso tudo sem esquecer a durabilidade e manutenção.

Não menos importante, o arquiteto cita a implantação de uma boa iluminação e solução acústica, “que permita o pleno uso do espaço sem que o convívio harmônico com os vizinhos seja abalado”. A escolha do mobiliário para compor o salão, por sua vez, é uma etapa que exige atenção. Segundo o arquiteto, o layout deve ser versátil, a princípio mais impessoal, o que é obtido com elementos leves.

“O certo mesmo é que todos os excessos são dispensáveis”, ressalta, ao citar que uma grande tendência é a utilização de elementos ecológicos e regionais, que dão conforto e identidade ao espaço.

Boas escolhas evitam gastos futuros

Além da estética e funcionalidade, o bom projeto também leva em conta a necessidade de manutenção do espaço. Afinal, nada é para sempre, principalmente quando se trata de um local ocupado por várias pessoas. Sendo assim, o arquiteto Eduard costuma optar por produtos de alto desempenho e durabilidade, como materiais não porosos, resistentes ao desgaste ou impermeáveis, que estendem o aspecto de ‘novo em folha’. Superfícies de aspecto sólido ou polido são evitadas.

Um elemento da decoração de extrema importância, mas que muitas vezes fica para depois, são os bloqueadores solares.

“O uso correto de cortinas, persianas ou filtro (película) nos vidros pode ser fundamental para manter o colorido das coisas. Afinal, a luz é fundamental, mas o sol queima. A impermeabilização dos tecidos também deve ter sua cota garantida no orçamento, pois pode evitar manchas muitas vezes irreparáveis”.

No condomínio Saint Denis, uma empresa especializada em limpeza é contratada para higienizar peças como estofados, tapetes e cortinas. Na Grande Florianópolis, a Cleaning Express está acostumada a atender condomínios. Segundo o gerente, José Gammarano Garcia, o trabalho permite que qualquer tipo de mancha seja retirada, além de ácaros e bactérias.

“O segredo para conservar a aparência é não deixar muito tempo sem manutenção, ter uma programação periódica. A ventilação no ambiente também é muito importante”, dá a dica.

Para não errar no projeto:

– Grandes superfícies e elementos discretos de longa durabilidade

– Decoração com pequenos objetos, que são mais fáceis de substituir

– Materiais com propriedades acústicas de isolamento e absorção

– Iluminação específica, que leve em conta as cores e destaque os objetos de maneira correta

– Decoração deve incluir cortinas, persianas ou filtro (película) impermeabilizados

– Cores mais tradicionais: tons de marrom, bege e vermelho

– Aos mais audaciosos: tons gerais de cinza mesclados com azuis e verdes vibrantes e profundos, ou mesmo tons de amarelo cítrico.

Seguro para condomínio

Um produto completo, com coberturas que amparam o condomínio, o síndico e os condôminos, com facilidades e benefícios na contratação. Esse é o produto, da Porto Seguro, que disponibiliza coberturas sob medida para condomínios residenciais, comerciais, mistos, de escritórios ou consultórios, flats e apart-hotéis.

Jarbas Medeiros, superintendente de Ramos Elementares da Porto Seguro, elenca como diferenciais o preço acessível e condições facilitadas de pagamento.

“A contratação do seguro permite que em caso de sinistro o condomínio consiga reconstruir o imóvel, consertar ou repor a parte danificada, sem causar prejuízo adicional aos condôminos. O produto também possibilita a proteção dos funcionários dos condomínios, em atendimento à convenção trabalhista vigente”, diz.

Com a contratação, o condomínio conta com assistência 24h gratuita para serviços emergenciais para áreas comuns como desentupimento, chaveiro, reparos elétricos e hidráulicos. E em casos de sinistros, oferece cobertura provisória de portas, janelas e telhados.

O seguro disponibiliza para contratação outros planos de serviços emergenciais. Assim, o síndico não precisa se preocupar com alguns tipos de consertos e reparos. A disponibilidade dos serviços pode variar de região para região e de acordo com o plano contratado.

Para Medeiros, o corretor deve estar atento ao segmento, pois o seguro é obrigatório por lei e imprescindível para proteger o condomínio em relação a danos que possam danificar o prédio, as áreas comuns, anexos, bens e equipamentos do condomínio e a estrutura das unidades autônomas.

Saiba mais sobre as coberturas disponíveis: – Básica simples: estarão cobertos danos materiais causados ao imóvel por incêndio, queda de raio dentro do terreno, explosão, fumaça e queda de aeronaves. Adquirindo essa opção, é possível contratar coberturas adicionais que irão amparar outros danos ao condomínio, como Subtração de Bens, Danos Elétricos, Vendaval, Alagamento e Desmoronamento, Quebra de Vidros, entre outras. São opcionais, ou seja, cada condomínio realiza a contratação de acordo com sua necessidade. É um formato mais personalizado.

– Básica ampla: nessa cobertura, o condomínio estará protegido de ocorrências que podem causar danos à estrutura do prédio. Ou seja, uma única cobertura contempla várias garantias: incêndio e explosão, fumaça, queda de aeronaves, vendaval / impacto de veículos, danos elétricos, quebra de vidros, chuveiros automáticos, tumultos / greves e lock-out, portões, alagamento, desmoronamento e vazamento de tanques e tubulações. Além das coberturas já citadas, também é possível contratar Danos Elétricos, Danos Morais, Subtração de Bens, entre outras.

Além destas, é possível adicionar coberturas destinadas ao conteúdo das unidades autônomas como Vida de Funcionários e Responsabilidade Civil.

Não esqueça o Documento de Identificação para Votar

Foi Comunicado no dia 04/10 pela comissão eleitoral que a chapa da atual diretoria com presidencia da  Drª Carla Vieira  será a única a concorrer nas eleiçoes do Condominio Represa Ville 2015, por ser a única chapa que preencheu todos os requisitos exigidos e solicitados pelas normas do regimento eleitoral e estatuto social.

Após abertura de envelopes de todos os candidatos particpantes teremos :

5 candidatos a conselho fiscal

  • Jobe Gonçalves Ferreira
  • José Roberto Lopes Rodrigues
  • Orlando Gerson de Rezende
  • Paulo Sergio Cavalhais Dutra
  • Rosangela de Cássia Silva
  • Ubirajara Márcio de Oliveira

Chapa Única a diretoria

  • Carla Renata Vieira
  • Paulo Faustino
  • Paulo Lima Ribeiro

Obs : Para votar no dia da Eleições é necessario a apresentação de documento de identificação com foto ou procuração registrada em cartório.

As eleições serão realizadas no dia 31/10 , de 09:00  as 14:00 hrs ,  no espaço gourmet .

Respeite os limites de Velocidade dentro do Condominio Represa Ville !

A velocidade máxima de circulação de veículos nas estradas brasileiras é determinada a partir de estudos do orgão ou entidade de trânsito com circunscrição sobre o local. A análise leva em conta as características técnicas da via e as condiçõesdo tráfego, como o relevo, o volume de uso, se a pista é simples ou dupla, entre outros fatores.

Ainda que haja esse limite determinado, dirigir acima da velocidade permitida é uma das maiores causas de acidentes no Brasil. No Estado do Paraná, somente no primeiro semestre deste ano, mais de 450 mil multas foram emitidas para motoristas que dirigiam acima da velocidade permitida. Em Goiânia (GO), do total de 499.320 infrações de trânsito cometidas no mesmo período, 67% (339.474) eram referentes ao abuso de velocidade.

Acidentes

Quanto maior a velocidade do veículo, maior será o tempo de reação do condutor e as chances de que acontecerá um acidente. Por exemplo, em uma situação em que um motociclista estivesse trafegando a 100 km/h, o tempo de reação poderia chegar até 14 minutos até o acionamento dos freios.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) revelam que a probabilidade de uma pessoa sobreviver a um atropelamento torna-se ligeiramente mais baixa a partir de um impacto a 50 km/h. De acordo com o estudo, um aumento de 5% na velocidade média leva a um aumento de cerca de 10% das colisões com lesıes e de 20% nas colisões fatais.

Respeitar o limite de velocidade é respeitar a vida. Imprevistos acontecem e ter um tempo para reagir à uma situação adversa pode fazer toda a diferença.

Como economizar com chuveiros que misturam ar no jato de água; veja vídeo

Chuveiros que misturam ar nos jatos de água que saem da ducha reduzem o consumo de água entre 40% e 70% aos modelos tradicionais, sem diminuir o conforto durante o banho, segundo os fabricantes. Essas duchas econômicas têm vazão média de 6 litros de água por minuto, dependendo do modelo.

Segundo o especialista em chuveiros Bruno Antonaccio, isso ocorre por causa de pequenos furos na saída de água do chuveiro que permitem a entrada do ar e a mistura com o jato. Assim, a sensação é de volume de água maior ao que é consumido.

Chuveiros que misturam ar no jato de água ajudam a economizar

A estimativa da Companhia de Saneamento Básico do Estado (Sabesp) é de que o banho de ducha, com aquecimento a gás (ou até mesmo energia solar), durante cinco minutos, consuma em média 135 litros de água, sem peças economizadoras.

A Organização das Nações Unidas (ONU) recomenda que cada pessoa use 110 litros de água/dia. Um levantamento do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP) apontou ainda que o chuveiro pode representar entre 28% e 54% do consumo em um apartamento.

> Deixe sua dica de economia nos comentários ou envie através do VC no G1.

> Se você achou a dica útil, compartilhe nas redes sociais pelos atalhos abaixo.

Chuveiros que misturam ar no jato de água ajudam a economizar